La traverse. De Edmond Baudoin e Mariette Node





La traverse. De Edmond Baudoin e Mariette Nodet. 112 páginas, preto e branco; capa brochada. 22 x 29 cm. L'Association. PVP 26,50 Euros.

Mariette Nodet, esquiadora de competição e trekker, faz uma viagem pelas faldas das montanhas rugosas e inóspitas dos Himalaias com a sua filha, como forma de fazer o luto do seu marido, que morreu num acidente de parapente. Este é uma espécie de diário de viagem e de confissões íntimas, repassadas pelos desenho de Baudoin. Mas o próprio artista mistura as suas memórias de outros trilhos e as suas montanhas privadas. Na materialidade dessas paisagens, tecem-se ideias sobre voos, desenho, criação e muitos dos temas recorrentes do autor: o outro, tão igual a nós mesmos, por mais diferente que seja na língua ou na tez. “Atravessar”, aqui, significa “alcançar”. Um dos livros em que Baudoin atinge um grau máximo de diálogo com as tradições asiáticas que lhe são influentes.


Voltar