︎


Ao completar o processo de compra está a aceitar os Termos e Condições

Touch Is Really Strange. Steve Haines e Sophie Standing.





Touch Is Really Strange. Steve Haines e Sophie Standing.
32 páginas, cor, capa brochada com badanas; em inglês. 23 x 17 cm. Singing Dragon. 16,15 €

Steve Haines é um “bodyworker”, isto é, um terapeuta que trabalha questões de mindfulness, aliando de forma especial a saúde mental ao cuidado fisiológico do corpo. Parte de uma tetralogia de curtos guias gráficos para questões prementes e profundas, sob a forma de breves apresentações sob a forma de banda desenhada e explicitando alguns dos pontos nevrálgicos que devemos ter em atenção, não é um repositório de todos os saberes associados ao tema, psicológicos, científicos e humanistas, mas sim uma pergunta basilar extremamente bem colocada e que esclarecerá os passos necessários a tomar. Através de um avatar que comunica estas lições, metáforas visuais que tornam claras as analogias e mecanismos do corpo-mente, é sobretudo uma chamada de atenção para a âncora que os nossos corpos são.

Este novo volume é dedicado ao toque, um sentido que não existe apenas na ponta dos dedos e é fundamental na nossa propriocepção. "Porque não conseguimos fazer cócegas a nós mesmos?" é uma boa pergunta. Como é que as normas culturais ditam a proximidade/distância entre os corpos? Qual a força terapêutica de um leve toque? Outras, respondidas no livro, à distância dos dedos folheando-o.


Voltar