︎

UltraSayanJedi is Streaming. Mao.





UltraSayanJedi is Streaming. Mao.
24 páginas, capa brochada (leitura de lado), preto-e-branco; em inglês; 29,70 x 21 cm. Massacre. 5 Euros.

Aquilo que parece ser o relato de um livestreaming no Twitch de um gamer vai revelando, através dos diálogos entre o jogador, que se põe à disposição dos seus “patronos” (num sentido tão económico como judicial e religioso), e os que o seguem – sob a forma dos chats e DMs– um pequeno retrato da situação actual em que se consegue comodificar e consequentemente precarizar até os aspectos que se pensavam menos monetizáveis da vida (o lazer, o espaço privado/íntimo que o deixa de ser, etc.). Pequena obra de significados a vários níveis e que dramatiza toda uma série de problematizações (do corpo, vontade, liberdade, capital, ecologia), é uma continuidade das preocupações do seu autor, que tem transformado o campo da banda desenhada num território capaz de servir um questionamento formal e político destas mesmas esferas. Pequena publicação, o que ela encerra é de uma enormidade necessária.


Voltar